Pérola Negra - Centro de Cultura Popular e Afro-Brasileira

Projectos com: danca Afro e Popular, Capoeira, percussão, fabricação de instrumentos e artesanatos.

Wednesday, April 05, 2006

Pérola Negra


O Pérola Negra - Centro de Cultura Popular e Afro-Brasileira, é uma entidade fundada há 31 de março de 2001, pessoa jurídica de direito privado, de natureza cultural e sem fins lucrativos, com sede e foro em João Pessoa, capital do Estado da Paraíba.
O Pérola Negra é uma entidade que visa auto-sustentação e o seu crescimento para melhor contribuir com o desenvolvimento da comunidade através de projetos de cooperação e parcerias com entidades afins do terceiro setor, órgãos governamentais, ong´s e movimentos sociais e populares.

O Pérola Negra - Centro de Cultura Popular e Afro-Brasileira tem na prática da Capoeira Angola sua origem e a mantém como atividade central e inspiradora de sua Pedagogia.
O Pérola Negra, zelando por sua independência com relação aos governos, aos partidos políticos e aos credos religiosos, tem por finalidade:
a) Desenvolver e difundir estudos e pesquisas sobre a cultura popular e afro-brasileira que auxiliem a proposição de um modelo de desenvolvimento sócio-econômico e tecnológico auto-sustentado, includente e emancipador;
b) Auxiliar na proposição, na execução e na gestão de políticas públicas garantidoras dos direitos constitucionais à terra, à moradia, à escola, à saúde, ao trabalho, à alimentação, ao lazer;
c) Facilitar o acesso e o domínio às novas tecnologias;
d) Promover projetos que concorram subsidiariamente para o atendimento de direitos sociais constitucionalmente estabelecidos, contribuindo para uma política social inclusiva;
e) Animar o exercício da cidadania ativa para auxiliar na construção e na ampliação do espaço público de direitos e na definição de um Estado verdadeiramente democrático, garantidor de direitos, distribuidor de renda, reparador das injustiças historicamente acumuladas contra as etnias ao longo do processo de colonização brasileira e promotor de justiça social.
f) Desenvolver uma pedagogia lúdica, criativa e crítica centrada no corpo, interdisciplinar e plural;
g) Favorecer o reconhecimento mútuo da capacidade das pessoas envolvidas direta e indiretamente nos Projetos, de construir, transformar e de participar, de forma decisiva, na produção e na fruição democratizadora dos bens culturais;
h) Fortalecer o intercâmbio com as organizações que atuam na implementação dos direitos sociais;
i) Produzir e difundir métodos e subsídios educativos para afirmar os valores da cultura afro-brasileira capazes de promover a auto-estima, a solidariedade social e
j) o sucesso escolar de crianças e das pessoas jovens e adultas negras e mestiças; bem como dos desfavorecidos social e economicamente, e às pessoas portadoras de necessidades especiais;
k) Contribuir para a definição de uma escola pública, universal, culturalmente plural e de qualidade onde todas as pessoas envolvidas tenham voz e vez.

Esses objetivos são alcançados através de atividades tais como:
· Pesquisas, oficinas, apresentações e eventos de Capoeira Angola.
· Pesquisas, oficinas e shows de Danças Afro-Brasileiras e Populares.
· Pesquisas, oficinas e shows de Instrumentos Musicais Afro-Brasileiras e Populares.
· Estudo e Produção de Artesanato e Adereços.
· Seminários sobre: traumas e machucados, ética na Capoeira, Capoeira de raiz e contemporânea, etc.
· Congressos sobre: gênero, infância e adolescência, discriminação racial, cidadania, dentre outros.
· Promoção do acesso à Tecnologia e à Informática.
· Publicações (periódicos, livros, folhetos, cartilhas, cd´s, etc.)
· Intercâmbio local, regional, nacional e internacional.
· Oficina da Saúde.
· Oficina de Comunicação.
· Estudo e divulgação da Cultura Afro-Brasileira
· Estudo e divulgação da Cultura Popular Eventos e encontros regionais, nacionais e internacionais.